sempresustentavel.com.br

CADASTRE-SE  PARA  RECEBER  AS  NOVIDADES

CLIQUE PARA AMPLIAR

Caros amigos, como disseminador dessa planta do BEM, estou disponibilizando nessa página algumas apresentações de pesquisadores e estudiosos sérios dessa planta, que são:

Apresentação do Prof. José Cambraia

Apresentação da Dna. Ioshiko Nobukuni

Apresentação editada por: Eng. Agrônomo Antônio Alfredo Schimidt & Dra. Ivone Tambelli Schmidt

 

Veja a seguir a Apresentação do Prof. José Cambraia:

  fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA. Prof. José Cambraia.
 

Peréskia Aculeata – A designação do gênero é uma homenagem ao cientista francês Nicolas Claude Fabri de Pereisc (1580-1637). Aculeata vem do latim e significa espinho, agulha. Também é conhecida por rosa-madeira, jumbeba, groselha de barbados, groselha das Américas, guaiapá (nome indígena q. significa fruta q. tem espinhos), trepadeira limão. Nomes em outros países: Ramo de novia (Cuba); Guamacho (Venezuela); Ora pro nobis (Brasil); Bugambilia branca (Chiapas México).

FAMÍLIA: cactácea – vegetal salva vidas/erradicador da fome.

ORIGEM: matas ciliares do Cerrado e Floresta Atlântica, nos trópicos do Estado da Bahia ao Rio Grande do Sul. Desde Flórida até o Brasil.

DESCRIÇÃO: trepadeira (seus ramos ñ.crescem eretos), c.folhas suculentas na forma de ponta de lança, quase sésseis, glabras e manchadas em matizes de amarelo. As flores são pequenas e brancas, c/miolo amarelo, parecem margaridas. Nos ramos peq.nascem aglomerados, dois ou três espinhos, longos como agulhas. Os frutos são bagas angulosas de 1 a 2 cm. De diâmetro, c/peq.espinhos destacantes, de polpa gelatinosa e pouco saborosa.

Tem grande importância ornamental, alimentícia e popularmente medicinal. Pode ser cultivada na cerca, serve como ração animal e também é utilizada por apicultores. Pode-se colher flores, de manhã, bem cedo. Desse modo, o pólen ainda ñ.foi coletado pelos insetos e, em cada flor podem ser colhidos aproximadamente 20 miligramas e 15 a 20 miligramas se néctar. O pólen é quase proteína pura, segundo o apicultor grego Nikolaos Argyrios Mitsiotis, que vem pesquisando desde 2000.

Tempere as flores c/limão cravo, rúcula e azeite. E preciso ter cuidado c/espinhos: segura-se cada flor por suas pétalas e corta-se o ovário da mesma, que é esférico e espinhento, e se aproveita apenas pétalas, estames e pistilo. Os botões são consumidos crus ou ligeiramente refogados. Um simples mergulho na água fervente, c/duração de 20 a 30 segundos é suficiente.

 

ORA PRO NOBIS - CLIQUE PARA AMPLIAR

Não possui nenhum princípio tóxico, é extremamente rico em proteínas de boa qualidade. Possui 25% de proteínas, sendo alta a sua digestibilidade (85%). Além de apresentar uma composição bem balanceada, apresenta certos aminoácidos essenciais, em teores excepcionalmente elevados, destacando-se a lisina, cujo teor no ora pro nobis foi superior ao de vários alimentos tomados para comparação - caso do milho híbrido, milho opaco, couve, alface e espinafre. Segundo estudos, a lisina fortalece o sistema imunológico, sendo útil na prevenção e alívio do herpes. As folhas são consumidas em forma de refogados, omeletes, sopas, bolinhos vegetais e até saladas. Comer bastante folhas tem efeito laxante suave.

PROPRIEDADES MEDICINAIS: as folhas são usadas como emolientes no tratamento de tumores e outros tipos de inflamações cutâneas, também é estomática e ajuda na formação da flora intestinal, recuperação da pele em queimaduras, além de combater a anemia. Os frutos possuem propriedades expectorantes e anti-sifilíticas.

 

COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE 100 GRAMAS DE FOLHAS:
Energia   26 kcal
Proteína   2,00 g
Lipídios   0,40 g
Carboidratos   5,00 g
Fibras   0,90 g
Cálcio   79,00 mg
Fósforo   32,00 mg
Ferro   3,60 mg
Retinol   250,00 mcg
Vitamina B1   0,02 mg
Vitamina B2   0,10 mg
Niacina   0,50 mg
Vitamina C   23,00 mg
 

CULTIVO:

É uma planta rústica, resistente a seca, própria de clima tropical e subtropical. Desenvolve em diferentes tipos de solo e não é exigente em fertilidade, porém, adapta-se melhor onde haja luz plena. Pode ser propagado por (a) sementes; (b) estacas (ramos não muito jovens de outra planta, com 10 a 20 cm de comprimento), acomodadas em solo afofado, a três ou quatro cm de profundidade, mantendo-se a umidade do solo para facilitar seu desenvolvimento (as estacas enraízam com facilidade). Para conseguir folhas sempre novas e tenras o ano todo, faz-se podas leves a cada três meses. No inicio das chuvas, a planta brota com maior vigor. Em 2007, eu levei 40 mudas para APROFISA, em Ilha Solteira, entre os produtores rurais do cinturão verde.

É muito utilizada na culinária mineira, como Sabará, é vendida em feiras, nos restaurantes, tem até concurso gastronômico. Dizem que o nome ora pro nobis foi criado porque existia no quintal de um padre. Enquanto ele rezava o seu ora pro nobis, os catadores faziam a festa. O mais comum é comer com arroz, feijão e angu. Pega as folhas, corta como couve e afoga, joga água fervente para tirar a baba. Misture com a carne e deixe ferver mais um pouco. São Lourenço da Serra-Vale do Ribeira, recebeu doação de mil mudas de peréskia do Nicolaos. Serve para produzir farinha verde para pães e massas. Gosta de calor, umidade e solos arenosos, dá floradas sucessivas, 12 florações de dezembro a maio, muito perfumadas e melíferas. Produz frutos entre junho e julho. Poderiam integrar planos de governo na recuperação de áreas degradadas e no combate à fome. Plantar em saquinho, com areia fina e regar todos os dias.

Fontes: Walter Accorsi, prof.da ESALQ/USP e Rogelio Dosouto, prod.e propr. Do Planta Matriz, Mairiporã-SP

 

Veja a seguir a Apresentação da Dna. Ioshiko Nobukuni:

  fonte: ORA PRO NOBIS - Apresentação da Dna. Sonia Maria Ioshiko Nobukuni e-mail: nobukunister@gmail.com
 

A planta que dá pão, bolo, sorvete, licor, pratos doces e salgados.
Flor bonita e perfumada, cerca de pasto, remédio, alimenta gente e animais.

Não tem praga que detenha essa planta, de cultivo fácil e de baixo custo para o povo de pouco recurso financeiro alimentar sua família e seus animais. Não precisa de agrotóxicos, é uma cultura orgânica, e tudo q.os animais vão produzir, alimentados com essa planta, os ovos, leite e carne serão orgânicos também, e os lençóis freáticos, no subsolo não serão contaminados por nenhum agrotóxico. Vive muitos anos, ainda não se sabe quantos, foram encontrados pés com 10 anos, até. Tem floração intensa, durante 6 meses. O país tem potencial de produzir milhões de toneladas desse precioso pó, para enriquecimento de pães e massas Por apresentar ramos repletos de espinhos e crescimento vigoroso, a planta pode ser usada com sucesso como uma cerca-viva intransponível.

     
ORA PRO NOBIS - ESTACAS
As estacas podem ser cortadas no comprimento de uns 10cm.
Aproveitar apenas de tamanho até de um lápis, menores tem que ser descartadas.

CLIQUE PARA AMPLIAR

  CLIQUE PARA AMPLIAR
     
ORA PRO NOBIS - COMO PLANTAR (para fazer mudas)
3 partes de Areia Grossa, uma parte de Terra e meia parte de Húmus. Enterrar de 6 cm. Pode plantar em saquinhos, garrafas pet ou copos descartáveis. Fazer furos no fundo.
  CLIQUE PARA AMPLIAR
     
ORA PRO NOBIS – MUDAS CRESCENDO
Dar água, não encharcar.
Deixe na meia sombra.
Elas brotam e crescem rápido.
  CLIQUE PARA AMPLIAR
     
ORA PRO NOBIS – MUDA VERDE
Tem muda verde de folhas arredondadas.
  CLIQUE PARA AMPLIAR
     
MUDA VERDE DE BROTO VERMELHO
Tem muda de broto vermelho e folhas verdes e pontudas.
  CLIQUE PARA AMPLIAR
     
FOLHA AMARELA E BROTO VERMELHO
Folha amarela e verde e broto vermelho.
  CLIQUE PARA AMPLIAR
     
RAMOS COBREM IMENSAS ÁREAS
Pode cobrir barracões.
  CLIQUE PARA AMPLIAR
     
TREPADEIRA PARA MUROS (proteção contra invasão)
Pode ser usada para cobrir muros.
 
     
UM ARCO DE ENFEITE - (paisagismo)
No jardim de entrada.
 
     
É CERCA INTRANSPONÍVEL
Pode ser usada como cerca.
Nenhum animal rompe esta moita de espinhos.
  CLIQUE PARA AMPLIAR
     
ALIMENTO HUMANO E RAÇÃO ANIMAL, REMÉDIO
Muito usada na cozinha mineira, rica em proteínas de alta digestibilidade, tem vitaminas, cálcio, fósforo, ferro.
Combate a anemia, enriquece a merenda escolar.
Serve para ração animal, também na apicultura.
  CLIQUE PARA AMPLIAR
     
LINDAS FLORES PERFUMADAS
Flores perfumadas, tem muito néctar e pólen, serve na apicultura.
  CLIQUE PARA AMPLIAR
     
SALADA DE FLORES
Pode-se comer salada de flores, tem muito néctar e pólen.
  CLIQUE PARA AMPLIAR
Nikolaos Argyrios Mitsiotis comendo salada de flores
fonte: www.melissotroficas.com.br
     
PODE-SE FAZER DELICIOSOS PRATOS    
BOLO VERDE


 
  CLIQUE PARA AMPLIAR
     
MACARRÃO VEGETARIANO COM ORA PRO NOBIS   CLIQUE PARA AMPLIAR
     
MORANGA COM ORA PRO NOBIS   CLIQUE PARA AMPLIAR
     
SORVETE DE ORA PRO NOBIS  
     
FRUTOS MEDICINAIS
Frutos medicinais, expectorante e anti sifilítico.

CLIQUE PARA AMPLIAR

  CLIQUE PARA AMPLIAR

PÃO VERDE

Ingredientes:
50 g de fermento para pão em tabletes
½ copo de água morna
½ copo de água fria
2 colheres (sopa) de margarina
2 ovos inteiros
1 colher (sopa) rasa de açúcar
1 colher (sobremesa) de sal
500g de farinha de trigo (pode ir um pouco mais ou menos, dependendo do ponto da massa)
100g de folhas(frescas) de ora pro nobis

MODO DE FAZER

Dissolver o fermento junto c/açúcar na água morna. Misturar em seguida os ovos, a margarina e o sal. Reserve. Colocar as folhas do ora pro nobis no liquidificador e bater c/água fria. Juntar os ingredientes reservados, adicionando a farinha até q.a massa comece a soltar das mãos. Sovar bem e deixar descansar até q.dobre de volume. Dividir a massa em dois pães e colocar novamente p.crescer. Levar p.assar em forno já aquecido.
 
Mais informações, consulte a Dna. Ioshiko Nobukuni - (17) 3462 6732 e-mail: nobukunister@gmail.com

PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO

Em 13 de novembro de 2010 12:51, Edison Urbano <ediurb@sempresustentavel.com.br> escreveu:

Olá Dna. Ioshiko, bom dia.
Consegui ver grande parte do material informativo que a senhora me enviou, e sentindo a necessidade de ter alguma ferramenta para informar outras pessoas interessadas, criei uma página no meu site com as informações que a senhora me passou.
Por favor, me diga se tem algum problema publicar essas informações no meu site, inclusive com a divulgação do seu nome e e-mail. Se não tiver problema, veja se está bom o que eu fiz:
http://www.sempresustentavel.com.br/terrena/ora-pro-nobis/ora-pro-nobis.htm
Obs.1: eu só omiti as receitas que usam carne por não aprovar (e nem apoiar) esse tipo de consumo.
Obs.2: eu pratico natação quase que diariamente, e depois que eu passei a comer diariamente 3 a 4 folhas no meu lanche da tarde, meu rendimento melhorou; na realidade percebi que a recuperação da atividade física ficou mais rápida. Meu lanche da tarde é: um sanduíche com pão integral, folhas de alface, rodelas tomate, cenoura raladinha e maionese ligth (preciso de um pouco de graxa no meu corpo...rs.), e agora 3 a 4 folhas de ora pro nobis, mais um suco natural de laranja (3 laranjas).
Já estou doando bastante mudinhas; cada um que me faz uma visita, sai daqui com uma mudinha.

E a aventura continua.
Abraços, sucessos e até +,
Edison Urbano.
Criação, P&D e disseminação em tecnologias de baixo custo.
e-mail: ediurb@sempresustentavel.com.br
Site: www.sempresustentavel.com.br


AUTORIZAÇÃO/DEPOIMENTO 13/11/2010

De: Ioshiko Nobukuni <nobukunister@gmail.com>
Data: sábado, 13 de novembro de 2010 12:10
Para: Edison Urbano <ediurb@sempresustentavel.com.br>
Assunto: Re: tem algum problema publicar essas informações no meu site?

Mas, ficou muito "chic", Edison! Pode publicar à vontade, meu desejo é expandir essa planta, para alegrar os olhos, nutrir o o corpo, com muita saúde, dos humanos, dos animais, das aves. O dia em que" partir dessa para melhor", eu digo que quero passar voando e ver muitas plantas, tanto a ora como outras, muita cantoria de pássaros, aquele ar gostoso, de perfume de plantas, e todos felizes. Que se pareça com o "Jardim do Éden"! Então, mãos à obra! Sabe que vi pelos recibos de SEDEX q. já enviei mais de 3 mil estacas para todo o Brasil? E aqui distribuo mudas, o ano todo. E agora, para quem quiser, estou enviando outras plantas tb., melíferas, ornamentais, alimentícias, com a Astrapéia, Amor-agarradinho, moringa. Vou repassar o seu site, ficou muito bom!! Esses dias, atendi Saquarema/RJ, Cambuquira/MG, Curitiba/PR, e vou enviar na terça para Campo Mourão/PR.

Abraços!
nobukunister@gmail.com

Dna. Ioshiko Nobukuni

 

Veja a seguir a Apresentação editada por: Eng. Agrônomo Antônio Alfredo Schimidt & Dra. Ivone Tambelli Schmidt:

  fonte: ORA PRO NOBIS - Apresentação editada pelo Eng. Agrônomo Antônio Alfredo Schimidt & Dra. Ivone Tambelli Schmidt, ”IAPAR” Londrina - PR, 2005

ORA-PRO-NOBIS

Pereskia aculeata Miller

CLIQUE PARA AMPLIAR
Segurando uma panícula da Pereskia aculeata.

   

CLIQUE PARA AMPLIAR

APRESENTAÇÃO

O ora-pro-nobis "roga por nós" em latim popularmente conhecido groselha-da-América, lobodo, rosa-madeira, é uma planta originária dos trópicos (encontrada no Brasil, do Estado da Bahia ao Rio Grande do Sul) pertencente a família das cactáceas.

   

CLIQUE PARA AMPLIAR

É uma trepadeira (seus ramos não crescem eretos) com folhas suculentas na forma de ponta de lança. As flores são pequenas e branco-róseas. Nos ramos pequenos, nascem aglomerados de dois, três ou mais espinhos longos como agulhas. Tem grande importância ornamental, alimentícia e popularmente medicinal.

   

USOS E PROPRIEDADES

Suas folhas possuem cerca de 25% de proteínas das quais 85% acham-se numa forma digestível, facilmente aproveitável pelo organismo. É um valor muito alto, mesmo se comparando com vegetais mais famosos, como o espinafre, que tem um teor de 2,2% de proteínas. Possui ainda vitaminas A, B e principalmente C, além de cálcio, fósforo.

   

Na roça, é comum o hábito de misturá-lo ao feijão e combiná-lo com angu, ou então servir suas folhas em substituição às da couve. Na medicina a grande vantagem da planta é no abrandamento dos processos inflamatórios e na recuperação da pele em casos de queimadura.

   

CLIQUE PARA AMPLIAR

Segundo informe técnico da Universidade Federal de Viçosa (Prof. José Cambraia) o ora-pro-nobis (Pereskia aculeata Mill), “é uma planta da família das cactáceas cujas folhas podem ser utilizadas não somente na alimentação humana, como também animal.

   
Além de não possuir nenhum princípio tóxico, é extremamente rico em proteínas de boa qualidade. Análises feitas em folhas do ora-pro-nobis mostram que este vegetal possui 25% de proteínas, sendo alta a sua digestibilidade (85%). Além de apresentar uma composição bem balanceada, apresenta certos aminoácidos essenciais, em teores excepcionalmente elevados, destacando-se a lisina, cujo teor no ora-pro-nobis foi superior ao de vários alimentos tomados para comparação - caso do milho híbrido, milho opaco, couve, alface e espinafre.
   

CLIQUE PARA AMPLIAR

SALADA DE FLORES

Uma novidade que não será mostrada no festival vem de longe, em São Paulo, desenvolvida e testada pelo pesquisador Nikolaos Argyrios Mitsiotis. O pesquisador, de origem grega, tenta descobrir os segredos do ora-pro-nobis há três anos. Em meio às suas andanças e observações sobre as propriedades do ora-pro-nobis aplicadas à apicultura, acabou criando um prato novo, desta vez com as flores da planta, que ostenta o nome científico de Pereskia aculeata.

   

CLIQUE PARA AMPLIAR

O  Sr. Gerásimos Krágias, presidente da O.M.S.E. e  vários outros gregos os quais integram  o Conselho Editorial da revista "MELISSOKOMIKÓ BHMA", examinaram cuidadosamente a matéria, do pesquisador independente e articulista, Sr. Nikolaos Argyrios Mitsiotis, intitulada “AS POSSIBILIDADES FISIOLÓGICAS DA PERESKIA", e aprovaram sua publicação, por ser uma pesquisa séria, originalíssima, inédita e objetiva, exclusivamente voltada para o campo da produção.

   

CLIQUE PARA AMPLIAR

Os helenos da O.M.S.E., demonstraram o maior reconhecimento do valor da nossa, ORA-PRO-NOBIS, e dedicaram a capa da revista, para uma foto de um ramo de lindíssimas flores. Na foto da primeira coluna, o leitor vê, o autor Sr. Nikolaos Argyrios Mitsiotis, segurando uma planta com menos de oito meses de idade, já frutificada com duas frutas maduras.

Esse feito é incrível, para qualquer botânico, pois a planta começa a florir, depois de completar dois anos de vida (ou mais). Na mesma página e na foto da terceira coluna , o leitor vê uma planta, a qual é cultivada na superfície da água.

   

CLIQUE PARA AMPLIAR

Na única foto da página, vê-se o autor, segurando uma panícula de 1,90m. de comprimento, em plena floração. Com base a essa foto, qualquer um poderá calcular, a quantidade de flores para saladas, lindas e saborosas, de apenas um ramo da planta adulta. Essas saladas serão pratos EXÓTICOS, para os turistas estrangeiros, o que sugere de que as redes hoteleiras, devem se interessar, para incentivarem o cultivo desse precioso vegetal, para que no futuro disponham  novas e atraentes sugestões gastronômicas para seus hospedes.

Composição centesimal escore de amino-ácidos em três espécies de ora-pro-nobis (Pereskia aculeata Mill, Pereskia bleu De Candolle e Pereskia pereskia (L) Karsten.
Bol. SBCTA, Campinas, 25 (1): 7-12, Jan./Jun. 1991.

 

TABELAS

Aminoácidos essenciais das proteínas das folhas de três espécies de ora-pro-nobis desidratadas, comparadas com os de proteína do ovo de galinha e a FAO e seus compostos químicos percentuais.

 

Pereskia aculeata

AMINOÁCIDOS

g Cômputo %
100 g Proteína Ovo FAO
ISOLEUCINA 5,6 89,03 140
LEUCINA 9,26 105,03 132,34
LISINA 6,24 89,39 113,45
FENILALANINA 5,89 102,75 ---
TIROSINA 4,86 116,92 ---
AROMÁTICOS TOTAIS 10,75 108,71 179,2
METIONINA 2,1 62,38 ---
CISTINA --- --- ---
SULFURADOS TOTAIS 2,1 36,2 59,88
TREONINA 5,31 103,75 132,8
TRIPTOFANO 2,16 144,96 216
VALINA 6,9 100,67 137,92
TOTAL 48,32 --- ---

Mais sobre pereskias em:
http://projapi.multiply.com/photos/album/5/Ora-pro-nobis_-_Fonte_de_alimentos
www.avozdanatureza.com
http://www.melissotroficas.com.br


© Copyright - Todos os direitos reservados - All rights reserved